Nutricionista Hugo Comparotto

Infantil

A maioria das nossas escolhas alimentares são adquiridas ao longo da vida pela experimentação, ou seja, aprendemos a gostar de determinado sabor ou alimento experimentando novas opções, com as exceções do gosto inato para o doce e o desgosto para o amargo. Esse conceito tende a ser mais eficiente durante a infância, ou seja, os hábitos alimentares que adquirimos quando crianças, tendem na maioria das vezes a serem os hábitos que persistirão para o resto da vida.

Atualmente, é alarmante o número de crianças que são expostas precocemente a alimentos de baixa qualidade nutricional, como frituras, doces, refrigerantes, biscoitos recheados, salgadinhos e fast foods, atitudes estas que vão na contramão dos reais hábitos alimentares que deveriam ser adotados. Associado a isso, também podemos citar a substituição de atividades físicas por formas de diversão sedentárias, como videogames, computadores e celulares.

O resultado desse processo está sendo constatado atualmente, através do aumento da obesidade infantil e da ocorrência de complicações na saúde durante a infância ou no mais tardar na vida adulta. A falta de entendimento da criança quanto aos danos da obesidade ou sobre a importância de uma alimentação adequada, tornam qualquer tipo de mudança ou manejo nutricional mais complicados. A infância representa um período de desenvolvimento ósseo e corporal muito importante, sendo que a alimentação está relacionada a implicações positivas e/ou negativas nesses processos.

Por isso, o acompanhamento nutricional para crianças é favorável pelo fato do profissional estar preparado para lidar com diversas situações e problemas relacionados à alimentação infantil, bem como por ter o conhecimento e o entendimento necessários para promover mudanças adequadas e efetivas que possam persistir para o resto da vida e serem a chave para um desenvolvimento ou crescimento adequados.

Acreditamos que quando lidamos com crianças a mudança dos hábitos alimentares devem ocorrer de maneira geral na família, incluindo pais e irmãos. Muitas vezes o inicio dessa mudança se da por orientações aos pais, visando controlar e educar melhor os filhos.

Facebook